Foto: Vertentes da Gerais

O número de atendimentos e reclamações registrados no Serviço Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) caíram em Barbacena. De acordo com o órgão, no primeiro semestre deste ano foram 534 reclamações e, no mesmo período do ano passado foram 1.299 registros.

Segundo o coordenador de Integração Jurídica e Gestão do Procon, Lucas de Souza Garcia, os casos de reclamação mais comuns na cidade são relacionados à telefonia móvel e envolvem cobrança indevida e de pacotes não contratados. Ele disse que dos atendimentos, 75% são solucionados.

“Existe um trabalho preventivo e, por isso, os consumidores estão ficando mais espertos, mais atentos aos cuidados que devem ter. Outras medidas também foram adotadas, como a ampliação do número de guichês de atendimento, além de ações de fiscalização para averiguação do cumprimento das leis consumeristas”, explicou.

Ainda de acordo com o Procon, foi protocolizado na Câmara Municipal um novo projeto de lei para a modernização da estrutura do órgão, criação do Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor e do Fundo Municipal da Proteção e Defesa do Consumidor.

“Caso haja a aprovação do Legislativo, o sistema de proteção aos consumidores terá grandes avanços, pois ampliará a atuação e ganhará ferramentas para a execução de políticas com excelência”, disse o coordenador.

O Procon Municipal de Barbacena funciona na Unidade de Atendimento Integrado (UAI), das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, na Rua Silva Jardim, ao lado da Prefeitura. O telefone para contato é (32) 3331-8001.

G1