Por falta de transporte escolar, crianças estão sem aula em Barroso

Imagem ilustrativa. Foto: CBN Cascavel

Nem mesmo a formação do prefeito e da vice da cidade, são professores, foi suficiente para que o poder público se dedicasse a cumprir o compromisso com o transporte escolar para estudantes da zona rural do município.

O Barroso EM DIA e vereadores da cidade receberam dezenas de reclamações e denúncias referentes a falta de transporte escolar, principalmente na última semana, na zona rural de Barroso.

Os depoimentos e as histórias de quem apenas querem que os filhos estudem são lamentáveis. De acordo com pais, tios e avós dos estudantes, há mais de uma semana a Van (transporte escolar da Prefeitura) não busca os alunos em várias localidades da região.

“Desde a semana passada que a Van não vem mais aqui (Invejosa) e sequer avisam para nós. Damos banho nas crianças, arrumamos elas, preparamos a merenda e nem aqui eles aparecem. Estou chocada com a administração que é composta por dois professores”, relata a senhora que não quer se identificar.

Outras estudantes que já são adolescentes e evitam perder mais aulas estão vindo para a cidade de carona com moradores da região e estão retornando a pé cerca de 7 a 8 km com chuva ou sol forte. “Primeiro a desculpa era a estrada na época de chuva, depois arrumaram e então a desculpa agora são as vans estragadas. Já fomos atrás, mas não adianta”, diz um dos responsáveis que também pediu sigilo para não ter represálias.

“Tem semana que não busca no Quintanilha e tem semana que não busca na Invejosa. Estão revezando para que cada semana umas crianças fiquem sem aula. Nós estamos decepcionados porque o estudo pode ser o futuro dos nossos filhos”, relata o responsável que já ouviu também a desculpa que vão terceirizar o transporte. “Fazem isso para ganhar tempo, enrolar, mas não somos bestas”, relata.

“Antigamente eles nos buscavam em casa, agora estão indo no Barro Preto e daí atrasa tudo e nossas crianças chegam com uma hora de atraso”, diz uma outra pessoa que relembra que na época da eleição os candidatos foram lá com seus próprios carros. “Todo mundo se lembra dos vídeos aqui na zona rural mostrando as hortas, plantações, sorrisos, promessas de arrumar as estradas, enfim, eles davam um jeito e vinha aqui fazer campanha. Por que agora não pegam seus próprios carros e vem aqui buscarem nossos filhos para a escola?”, desabafa perguntando um dos país que está revoltado. “Meu filho não vai a aula, minha esposa tem que tomar conta dele e deixa de me ajudar nas tarefas. Assim eu produzo menos, vendo menos e passo mais aperto. Quero agradecer aos responsáveis”, ironiza e declara o senhor.

A reportagem também teve acesso a cópia de uma mensagem enviada para o jornalista Ricardo Arruda, fazendo um apelo pelo transporte e a péssima condição dos mesmos.

“Bom dia Ricardo vc sabe quem eu sou mas ñ aguento mais tanto descaso  c nos da zona rural a q no bananal sobre estradas muito ruim ja pedimos p arrumar ninguém arruma mas a maior preocupação e com o transporte escolar muito ruim e perigoso a vam ñ funciona a porta os pneus estão no arame hoje nem transporte escolar teve nossos filhos levantão as 5:20 da manhã p fiçar ñ beirá da estrada atoa queremos respeito pois já fomos lá ñ foi uma vez foi vária vezes sem dizer q nossos filhos tem q pegar a BR 265 todos os dias Ricardo pede ai p prefeitura de Barroso ter mas respeito c agente pois na época da política aqui virá festa ñ diga meu nome pois aqui  tem muita marcação”. 

VEREADOR

Na reunião ordinária da última segunda-feira (7) o vereador Leone Wagner (PP) reclamou a falta de transporte escolar aos alunos da zona rural. Outra informação levantada também pela reportagem é que desde segunda-feira (7) a Van não busca os alunos do Bananal.

Tão logo o vereador levou a público, o colunista do Barroso EM DIA Luizinho Moreira escreveu no seu blog: Até quando as crianças perderão aulas por falta de ônibus escolar? Qual é a causa? Será que a Câmara de vereadores já convocou os responsáveis a prestarem esclarecimentos oficiais? O que o conselho municipal tem a relatar sobre isso? É preciso ir à fonte do problema, desobstruir o que está causando essa situação maléfica às crianças. Atitude é o que falta!

PREFEITURA

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura, mas até o fechamento desta matéria (9 de maio às 9h 30m) não havia recebido nenhuma informação/resposta sobre o que está acontecendo e porque as crianças não estão podendo ir as aulas.

PROMESSA

No seu plano de governo (resumido) a chapa vencedora; Reinaldo (PSDB) e Deléia (PSD) falam em otimizar (criar condições mais favoráveis) o transporte escolar. Eles ainda ressaltam que o Plano é resultado de um grande e intenso debate junto à comunidade, envolvendo todos os bairros e zona rural de Barroso.

Ainda no que diz respeito a zona rural o Plano fala em reativar escola do povoado e ampliar o horário de ônibus escolar.