O delegado de Barroso, Alexsander Soares Diniz, que desde maio deste ano também responde pela Delegacia da cidade vizinha de Dores de Campos, informou à reportagem do Barroso EM DIA que a Polícia Civil continua sua linha de investigação sobre os últimos crimes ocorridos na cidade.

“Para não atrapalhar as investigações, não podemos lhe passar nenhuma informação neste momento”, diz Alexsander que investiga três crimes.

Os casos em questão se referem às duas mortes ocorridas no mês de agosto e a uma tentativa de assassinato na BR 265 em setembro.

No que diz respeito aos óbitos, ambos os corpos foram encontrados com marcas de violência.

No episódio de 8 de agosto, na Estiva, a vítima, de apenas 28 anos, foi encontrada sem vida dentro de um veículo, com perfurações de arma de fogo. Já no dia 30, a vítima, um homem de 36 anos, também tinha sinais de violência e foi encontrada na Boa Vista.

Já sobre a tentativa de homicídio na BR, o barrosense, que levou quatro tiros, continua internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), do Hospital Regional em Barbacena, há quase um mês.