PM registra estupro de adolescente em Juiz de Fora

A Polícia Militar (PM) registrou um caso de estupro de vulnerável em Juiz de Fora, após a adolescente de 12 anos ir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Pedro na tarde desse domingo (25). Ela contou à PM que teve relações sexuais com um rapaz de 26 anos, morador do Bairro de Lourdes, com quem estaria se relacionando desde maio deste ano, com o consentimento da mãe.

Qualquer ato libidinoso com menor de 14 anos configura estupro de vulnerável, conforme o artigo 217 do Código Penal brasileiro. O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher.

De acordo com as informações do médico de plantão repassadas à polícia, a garota apresentava infecção e lesões múltiplas na região genital. A adolescente foi encaminhada para o atendimento no Protocolo de Atendimento ao Risco Biológico Ocupacional e Sexual (Parbos) no Hospital de Pronto Socorro (HPS). O exame de corpo de delito realizado pela médica legista deu parecer inconclusivo por causa da infecção. A garota permaneceu internada para procedimentos.

A mãe da garota confirmou à polícia que sabia do namoro e consentiu para evitar que eles se encontrassem às escondidas. De acordo com o relato dela, os dois haviam rompido o relacionamento.

A equipe do Conselho Tutelar foi acionada e passou a guarda provisória da adolescente para a madrinha. Em conversa com a conselheira, a garota contou que sofre violência sexual desde os nove anos, porque seria aliciada à prostituição pelo pai, que atualmente está preso por outros crimes. O Conselho Tutelar deve ouvir novos depoimentos da mãe e da madrinha. Depois o caso será encaminhado para a Vara da Infância e Juventude.

Informações G1