Foto G1

Os pais do menino Pedro, de três anos, estão fazendo uma campanha e contam com a solidariedade da população para custear o tratamento do filho. A família mora em Barbacena e a criança foi diagnosticada com uma doença neurodegenerativa que causa a perda progressiva da força muscular.

Há um ano, Pedro foi diagnosticado como portador de distrofia muscular de Becker. A doença compromete os sistemas cardiovascular, respiratório, digestivo e musculoesquelético.

De acordo com a família, o tratamento para a doença da criança não é feito no Brasil e usa células-tronco. Para tratar do filho, os pais precisam levá-lo para a Tailândia e a família não possui R$ 140 mil para o tratamento.

“Sem essa ajuda, não temos condições de levar o Pedro para fazer esse tratamento, porque R$ 140 mil é um valor que nós não temos. A gente tem que ter fé, tem que confiar em Deus, porque se Ele deu esse anjinho pra nós, temos que ter a capacidade de cuidar”, disse a mãe da criança, Juliana de Mello.

Para conseguir recursos para o tratamento, os pais de Pedro criaram uma campanha nas redes sociais. Até o momento eles já conseguiram arrecadar R$14 mil e contam com a solidariedade das pessoas.

Quem quiser contribuir com a campanha pode entrar em contato através do telefone (32) 98446-5038.

Informações G1