Começam a operar nesta terça-feira (8), em modo definitivo, mais nove radares fixos, instalados em rodovias sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG).

Os veículos poderão ser multados se excederem os limites de velocidades entre 40 e 60 km/h. Todos esses equipamentos estão funcionando em modo educativo desde o dia 1º de agosto.

Os novos radares foram implantados nas rodovias: MGC-262, quilômetro 302,7, em Sabará; MG-285, quilômetro 81,2 e 81,4, em Astolfo Dutra; MGC-482, quilômetro 160,8, em Viçosa; MG-188, quilômetro 31,0, em Unaí; LMG-628, quilômetro 51,0, em Unaí; MG-202, quilômetro 392,0, em Arinos; MG-181, quilômetros 198,2 e 201,5, em João Pinheiro.

Os condutores devem ficar atentos à sinalização viária para saber a velocidade máxima permitida em cada trecho. A localização de cada um dos radares fixos que já estão em operação nas rodovias estaduais pode ser consultada no link www.der.mg.gov.br/saiba-sobre/radares-do-dermg

Respeito ao limite

Levantamentos do DEER-MG apontam uma mudança positiva no comportamento dos condutores, que estão demonstrando mais respeito aos limites de velocidade estabelecidos nas rodovias monitoradas por radares. Na MG-010, no território Metropolitano, os oito equipamentos que estão em operação registram a passagem de 8,9 milhões veículos em média por mês e, deste total, apenas 0,03% são autuados por excesso de velocidade. Na contagem do número total de autuações houve queda nos últimos meses. Em abril deste ano, foram registradas 3 mil e 422 autuações, enquanto no mês de junho foram 2 mil e 493 autuações, o que representa uma redução média de 25% no número de autos emitidos.

Outro exemplo de redução do número de autuações foi apontado na MG-290, no território Sul. Na rodovia, dezesseis radares fixos registram a passagem de um volume médio mensal de 1,9 milhão de veículos. Neste caso, houve redução média de 28% do número de autuações na via, passando de 2 mil e 810 notificações em abril para 2 mil e 78 em junho.

Esses dados confirmam que os radares têm alcançado seu principal objetivo: garantir a segurança dos usuários que transitam pelas rodovias mineiras, coibindo os excessos de velocidade.

Informações O tempo