Mineiros farão provas de Avaliação e Equidade da Educação

As escolas mineiras já têm compromisso marcado para a última semana do mês de outubro. Entre os dias 24 e 28/10 (segunda a sexta-feira), serão aplicadas as provas do Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) e Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb). Em Minas Gerais, quase 280 mil estudantes da rede estadual e das redes municipais de ensino farão as provas do Pralfa e 617,6 mil farão os testes do Proeb. As avaliações integram o Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação (Simave).

Em 2016, os testes do Proeb serão aplicados aos alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio. Já o Proalfa é aplicado aos estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental.

Para auxiliar na aplicação das provas, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) já realizou, neste ano, a capacitação dos técnicos das Superintendências Regionais de Ensino (SREs). No retorno às regionais, é deles a responsabilidade de capacitar os diretores das escolas que, por sua vez, assumem a capacitação dos professores aplicadores. Além disso, todas as escolas receberão um manual de aplicação das provas e um vídeo com orientações.

Entenda o Simave

O Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação (Simave) foi idealizado com vistas ao levantamento de informações acerca do desempenho dos estudantes do Ensino Fundamental e Médio do sistema público de educação do Estado em avaliações externas: Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) e Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb).

O Proalfa é uma avaliação anual e censitária para alunos do 3º ano do Ensino fundamental para avaliar o desempenho dos estudantes em procedimentos de Leitura. Já o Proeb avalia competências expressas pelos alunos do Ensino Fundamental e Médio em Língua Portuguesa e Matemática.

A partir de 2015, o Simave passou por algumas mudanças, a inclusão da avaliação em outras etapas de ensino: além do 5 º e 9 º anos do Ensino Fundamental e do 3 º ano do Ensino Médio, a avaliação passou a abranger também o 7 º ano do Ensino Fundamental e o 1 º ano do Ensino Médio, proporcionando uma melhor análise do processo de aprendizagem dos estudantes.

Informações Portal Dores de Campos