Mais votados em Barroso livraram Temer

Os dois mais votados em Barroso livraram Temer
Os deputados federais mais votados em Barroso, com apoio das principais lideranças locais, ajudaram na noite de quarta-feira (2), a manter o Presidente Michel Temer (PMDB) no poder, mesmo depois de todo o escândalo causado pela delação e gravações dos executivos da JBS. Dos 26 que tiveram votos em Barroso e que estão exercendo mandato na Câmara, 11 votaram a favor de Temer, 11 contra e outros 4 não votaram.
 
A FAVOR DE TEMER
Apoiado pela ex-prefeita Eika Oka de Melo (PP) e seu grupo político, o deputado Luiz Fernando, que teve 4 mil e 924 votos em Barroso votou a favor de Temer e disse confiar no relatório que “absolvia” o Presidente. Segundo mais votado e que teve o atual Prefeito Reinaldo Gambá (PSDB) e grande parte de seu grupo como apoiadores, o deputado barbacenense, Bonifácio Andrada (PSDB), no alto de seu décimo mandato, também votou favorável. Em 2018, seu filho, o ex-prefeito de Barbacena Toninho Andrada, será candidato a Deputado Estadual. Confira abaixo a lista dos demais deputados votados em Barroso que absolveram Temer e impediram sua investigação pelo Supremo Tribunal Federal.
 
CONTRA TEMER
Apoiado pelo PT local, o deputado Reginaldo Lopes, que teve 957 votos e foi o terceiro mais votado em Barroso, votou contra Temer. Acompanhou ele, o deputado da Renovação Carismática Católica, Eros Biondini, votado por 174 barrosenses em 2014. Confira abaixo a lista dos demais deputados votados em Barroso que votaram contra Temer.
 
ANÁLISE
O cientista político barrosense e colunista do Barroso EM DIA, Antônio Claret, opinou sobre a posição dos deputados. “Os deputados federais majoritários em Barroso que votaram a favor de Temer, a todos nos parece, o fizeram por um preço. Por isso, quando nos próximos 12 meses a nossa cidade for ‘beneficiada’ por uma emenda, uma benfeitoria pontual, um agrado a algum político, todos saberemos o verdadeiro preço desta ação e quanto ela custou de verdade ao Brasil”.
 
 
LISTA COMPLETA DEPUTADOS VOTADOS EM BARROSO
Aqueles que tem o (*) são os que receberam doação da JBS. Fonte: Jornal O Tempo.
 
FAVOR DE TEMER
* Luiz Fernando (PP) – 4.924 votos.
Bonifácio Andrada (PSDB) -1.164 votos.
Domingos Sávio (PSDB) – 181 votos.
Marcus Pestana (PSDB) – 72 votos.
Leonardo Quintão (PMDB) – 38 votos.
Dâmina Pereira (PMN) – 27 votos.
Raquel Muniz (PSC) – 23 votos.
* Aelton Freitas (PR) – 22 votos.
*Dimas Fabiano (PP) – 18 votos.
*Rodrigo de Castro (PSDB) – 14 votos
Marcelo Aro (PHS) – 14 votos.
Misael Varela (DEM) – 14 votos.  
 
CONTRA TEMER
*Reginaldo Lopes (PT) – 957 votos.
Eros Biondini (PROS) – 174 votos.
Padre João (PT) – 155 votos.
*George Hilton (PRB) – 73 votos.
Júlio Delgado (PSB) – 71 votos.
Sub-tenente Gonzaga (PDT) – 53 votos.
*Stefano Aguiar (PSB) – 31 votos.
*Lincoln Portela (PRB) – 20 votos.
*Jô Moraes (PC do B) – 16 votos.
*Patrus Ananias (PT) – 13 votos.
*Gabriel Guimarães (PT) – 12 votos.
 
ABSTENÇÃO

Não votaram na sessão da Câmara dos Deputados, quatro deputados que tiveram votos em Barroso. Eduardo Barbosa (PSDB) não compareceu à votação devido a morte da esposa em acidente na BR-040 em Barbacena no último domingo. Odair Cunha (PT), apoiado em Barroso pelo vereador Kiko do Bedeschi, também não votou, pois está afastado do mandato por estar ocupando a Secretaria Estadual de Governo de Minas Gerais. Já Rodrigo Pacheco (PMDB) se absteve justificando que por ter sido presidente da Comissão de Constituição e Justiça optaria pela imparcialidade já que a CCJ já havia votado a matéria sobre sua presidência. 

VEJA O QUADRO DE QUANTO CADA UM GANHOU EM
EMENDA PARLAMENTAR NOS ÚLTIMOS MESES
4789ba97-dfdb-45af-b2d5-fe418c5bc7ef