Um vídeo de uma mãe queimando os brinquedos do filho de seis anos no quintal de casa viralizou na internet. O caso aconteceu em Curvelo, na região Central do Estado, no último domingo (8), quando a mulher ateou fogo nos objetos para se vingar do pai da criança, de quem está separada.

Nas imagens é possível ver a mãe chamando a criança e ordenando que ela dê “tchau para os brinquedinhos”. Durante a gravação, a dona de casa fala com o garotinho: “pobre não precisa de brinquedo. Pobre brinca na terra”.

 

A vingança aconteceu depois que, supostamente, o ex-marido divulgou fotos íntimas dela. Diante da comoção, a Polícia Civil da cidade chamou a mulher para prestar depoimento nesta terça-feira (10).

“Ela confirmou que fez o vídeo para o ex-marido e ele que espalhou. Se mostrou arrependida e afirmou que está passando por alguns problemas e tem depressão. Mesmo assim, ela assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e deve responder no artigo 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) por submeter a criança à uma situação de vexame ou constrangimento”, explicou a delegada Margaret Freitas.

A pena para esse crime varia de seis meses a dois anos de prisão. Após prestar depoimento, a mulher foi liberada. Antes de comparecer à delegacia, a dona de casa postou um vídeo no Facebook pedindo desculpas.

“Ela disse que não tem condições de cuidar do filho e entregaria a criança para o pai nesta terça”, contou a policial.

Procurado pela reportagem de O TEMPO, o Conselho Tutelar informou que não havia denúncia anterior contra a mãe. Quando o vídeo começou a circular, conselheiros foram à casa da mulher, fizeram um relatório e encaminharam ao Ministério Público. O órgão confirmou que o menino foi entregue ao pai, que não foi localizado para comentar o caso.

Fotos

Em relação às fotos íntimas que o ex teria divulgado, a mulher não prestou queixa. No entanto, a Polícia Civil não descarta abrir uma investigação para apurar o caso. O pai da criança deve prestar depoimento nos próximos dias.