Incêndio na Serra de São José já destruiu 18 hectares

Equipes de brigadistas de São João del Rei retomaram na manhã desta quinta-feira (15) o combate a um incêndio de grandes proporções que consome uma área de preservação ambiental na Serra de São José, no Campo das Vertentes.

De acordo com o 2º pelotão do Corpo de Bombeiros de São João del Rei, após monitoramento no fim desta madrugada foram constatados vários focos isolados especialmente na área de Alto das Águas Santas sentido Prados.

Ainda não tem a estimativa atualizada da destruição causada pelas chamas, que começaram por volta das 13h de quarta-feira (14) e já destruiu, pelo menos, 18 hectares de mata.

De acordo com chefe de serviço dos Bombeiros, subtenente Eduardo Jacques, será feito nesta manhã um diagnóstico mais preciso da situação. “Talvez tenhamos que acionar uma aeronave do Programa de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (Previncêndio) do Instituto Estadual de Florestas (IEF) para apoio aos 15 brigadistas no local”, disse.

A serra fica entre os municípios de São João del Rei, Tiradentes, Santa Cruz de Minas e Prados. Por enquanto, não há informações sobre as causas do incêndio.

Área foi atingida por incêndio em 2012
Não é a perimira vez que um incêndio atinge a Serra de São José. Em outubro de 2012, chamas destruíram uma área de mata nativa equivalente a 500 campos de futebol.

O perigo fica ainda mais evidente durante a estiagem, período em que não chove com frequência na região.

 

Informações G1/Imagem de 2012