Feriado do Dia do Trabalhador termina com 29 mortos nas estradas mineiras

Divulgação / Corpo de Bombeiros / Maurício de Souza/Hoje em Dia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nessa quarta-feira (2) um balanço dos acidentes nas estradas federais que cortam Minas durante feriado do Dia do Trabalhador.

No total, 14 pessoas morreram, 176 ficaram feridas em 133 acidentes registrados entre os dias 27 de abril e 1º de maio. Já nas estradas estaduais e federais delegadas à Polícia Militar Rodoviária de Minas (PMRv) foram registradas 15 mortes, num total de 220 acidentes com 225 feridos.

Os números da PRF mostram ainda que 7.806 multas foram aplicadas por excesso de velocidade e cinco motoristas foram presos por dirigir sob o efeito de bebida alcoólica.

Segundo a PMRv, em relação ao ano anterior, houve uma queda na maioria dos índices. Em 2017 houve 232 acidentes, 20 mortes e 200 feridos.

Durante as operações da PMRv, 119 pessoas foram presas, sendo 14 por dirigir sem a carteira de habilitação e 72 por embriaguez ao volante. Foram recolhidas 255 carteiras e autuados 645 inabilitados. Em vários pontos das rodovias do Estado, os policiais militares fiscalizaram 44.614 veículos, captaram 3.011 imagens por radar e realizaram 5.115 testes de etilômetro (bafômetro).

Hoje Em Dia