Cresce número de MEIs em São João del Rei

O número de Microempreendedores Individuais (MEI) em São João del-Rei, no Campo das Vertentes, cresceu 19,49% em 2016 segundo o Portal do Empreendedor da Secretaria Nacional da Micro e Pequena Empresa. Isso significa que em 2015 eram 2.549 empresas optantes pelo sistema e, este ano, até outubro já foram 3.046. De acordo com o Sebrae Minas, tanto a procura pelo cadastro como MEI quanto por orientação e capacitação na unidade cresceram muito nos últimos meses.

O analista do Sebrae, Gustavo de Freitas, disse que o aumento de microempreendedores em São João del Rei é um bom sinal. “Eles podem prosperar. E esses empresários podem no decorrer do tempo, migrarem do microempreendedorismo individual para a microempresa”, ressaltou.

Em contrapartida, comentou que também é importante ter conhecimento do mercado para que o empreendimento dê certo. “Você ter um conhecimento do mercado que você está atuando, conhecer o perfil do seu cliente, são coisas que para o sucesso são muito importantes”, complementou.

Microempreendedor Individual (MEI)

Para ser um microempreendedor individual é preciso trabalhar por conta própria e ter um faturamento de R$ 60 mil por ano. O MEI se encaixa no simples nacional, fica isento dos tributos federais e pode ter apenas um funcionário.

O MEI paga o valor fixo mensal de R$ 45 (comércio ou indústria); R$ 49 (prestação de serviços) ou R$ 50 (comércio e serviços), que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS. Essas quantias são atualizadas anualmente, de acordo com o salário mínimo.

Com essas contribuições, o Microempreendedor Individual tem acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, entre outros.A formalização é gratuita e pode ser feita de duas maneiras: no próprio Portal do Empreendedor.

Informações G1