Corpos de mortos em tragédia na BR-040 são identificados e liberados

Os corpos das seis vítimas do acidente que ocorreu na noite do último domingo (23), no quilômetro 764 da BR-040, em Juiz de Fora já foram liberados no Instituto Médico Legal (IML). De acordo com informações da Polícia Civil, o corpo de uma jovem de 29 anos e do motorista da carreta de 47 anos foram reconhecidos por parentes nesta manhã de terça-feira (25).

Os corpos das outras quatro vítimas, dois jovens de 19 e 29 anos, um homem de 50 anos e uma mulher de 48 anos, foram identificados e liberados para os familiares durante a segunda-feira (24).

Feridos

acidente-040-jf-2Pelo menos oito feridos permanecem internados. Das quatro vítimas encaminhadas para o Hospital de Misericórida em Santos Dumont, uma mulher de 33 anos ainda está na unidade. Uma criança, que não teve idade divulgada, foi transferida para Santa Casa em Juiz de Fora. Outras duas foram medicadas e tiveram alta.

A Santa Casa de Juiz de Fora informou que o adolescente de 15 anos está lúcido e passa bem. Como não foram informados os nomes de outras vítimas transferidas para a instituição, não foi possivel apurar o estado de saúde.

Segundo a assessoria da Secretaria de Saúde de Juiz de Fora, o caso mais delicado é o de um homem teve fratura na tíbia, coágulo no cérebro e está na sala de urgência no Hospital de Pronto Socorro (HPS). Seguem em observação no hospital duas mulheres que tiveram fraturas na tíbia e no tornozelo. Os quadros são estáveis, elas estão lúcidas e orientadas.

Outro homem que teve fratura no quadril está lúcido e orientado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte. A assessoria informou ainda que três dos cinco pacientes que estavam na UPA de Santa Luzia tiveram alta. Os outros dois foram transferidos para o Hospital Geral e Maternidade Therezinha de Jesus. Como os nomes não foram divulgados, a instituição não confirma a transferência nem estados de saúde.

 

O acidente

acidente-040-jf-3De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), duas pessoas não sofreram nada e 40 ficaram feridas na colisão entre a carreta que transportava biscoitos e ônibus de turismo, que estava com 47 ocupantes, contando o motorista.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o ônibus voltava de uma excursão ao Rio de Janeiro e saiu de Copacabana seguindo para Belo Horizonte. A carreta com placa de Goiânia (GO), onde só estava o motorista, viajava no sentido contrário. A informação é de que o veículo tombou após uma curva, a parte traseira deslizou na pista e atingiu o ônibus de frente.

Após ficar interditado até a madrugada de segunda-feira (24), o trânsito no trecho foi liberado por volta de 8h30. O congestionamento chegou a três quilômetros, segundo a PRF. De acordo com a Via 040, concessionária que administra o trecho, foram mobilizadas cinco ambulâncias, quatro guinchos e três viaturas para inspeção. O tráfego foi normalizado no início da tarde de segunda.

A PRF disse que algumas pessoas que passaram pelo local saquearam parte da carga de biscoito, que ficou espalhada pela pista.

A empresa JRV Locadora de Vans e Ônibus informou que um representante foi para Juiz de Fora prestar assistência aos passageiros, vítimas do acidente.

Informações G1