Contra PEC 55, professores da UFJF e do IF Sudeste aderem à greve

Os professores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste) entraram em greve nesta sexta-feira (25) por tempo indeterminado. Eles decidiram pelo movimento na última segunda-feira (21) quando aprovaram a paralisação por 161 votos a 147. Foram registradas nove abstenções.

Os docentes são contrários à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, que estabelece um limite para o aumento dos gastos públicos pelos próximos 20 anos e, para divulgar o tema, realizaram uma série de atividades durante toda a semana. Na instituição, alunos ocupam a Reitoria desde o dia 26 de outubro. Eles também são contrários à PEC e às medidas que podem interferir no ensino médio.

UFSJ
Na Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), os professores aderiram à greve no dia 16 de novembro, nos campi da cidade histórica e de Divinópolis. Lá, os funcionários técnico-administrativos também estão parados e a Reitoria está ocupada por estudantes desde o dia 8 de novembro.

 

Informações G1