Além dos títulos que estão em jogo no Futsal de Verão do ginásio do Ceclans, acontece a corrida pela artilharia e pelo melhor jogador nas duas categorias, ou seja, Prata e Ouro.

No que diz respeito a artilharia da Prata, melhor para Henrique, do time do Liverpool. O jogador tem 14 gols e dificilmente será alcançado, já que o segundo colocado tem apenas 8 gols. Trata-se do jogador Ramon, da Academia Lopes, que inclusive já está fora da competição.

Entre os atletas que ainda estão na disputa; TDB X Cohab, aparece Elon e Caseiro do TDB com 7 gols cada, ou seja, seria necessário um deles marcar 8 gols na decisão para tirar a artilharia do jogador Henrique.

ARTILHARIA PRATA

Na Ouro, a situação também não é diferente. O artilheiro é Thiago do V8 com 15 gols. Apesar da eliminação da sua equipe, o jogador pode ficar tranquilo, pois o melhor colocado, que ainda está em disputa é Laurinho, do Guarani, com 9 gols, ou seja, teria que marcar 7 gols para tirá-lo o título. Na segunda posição aparece Douguinha, da Cohab, mas que foi eliminado na semifinal pelo Guarani. Hosanan, do Canal, que está na final, também tem chances, mas teria que fazer 10 gols.

Enfim, situações praticamente definidas na corrida pela artilharia, tanto na Prata como na Ouro.

ARTILHARIA OURO

No que diz respeito a Bola de Prata, prêmio de melhor jogador do campeonato que é entregue pelo Barroso EM DIA desde 2014, a disputa é um pouco mais acirrada.

Na Prata, a disputa se resume entre Mandrú, da Cohab, que tem 64.0 pontos, contra Caseiro, do TDB, que tem 60.5, ou seja, uma vez que os dois disputam a final e provavelmente vão pontuar, a disputa está aberta, com vantagem de Mandrú.

BOLA DE PRATA

Na Ouro, quem lidera é o jogador da Cohab, Douguinha, mas como está fora da final, dificilmente ficará com o troféu, pois, o concorrente dele é Guerreiro, goleiro do Guarani, que tem 56.5 e se fizer a pontuação mínima, 5.0, já empata com Douguinha, que não terá mais notas por ter sido eliminado. Alan e Dinei também aparecem entre os concorrentes, mas também estão fora. Por fim, com chances remotas tem o jogador Bruno, do Canal, de Barbacena, que tem 52.0, ou seja, teria que tirar 10 e Guerreiro não pontuar.

A avaliação de melhor jogador foi feita pela equipe de esportes do Barroso EM DIA; Aurélio Vilela, Matheus Ávila e Bruno Ferreira, que ao longo do campeonato, como forma de premiar o vitorioso mais coerente, vem avaliando jogo a jogo com notas de 5.0 a 10.0.

BOLA DE OURO

BANNER-SITE-2018-1