Ceclans passou por vistoria dos Bombeiros essa semana

O Centro de Esporte e Cultura Artidônio Napoleão de Souza, o Ceclans, passou por novas inspeções do Corpo de Bombeiros da cidade de Barbacena.

Segundo profissionais da Companhia, uma equipe esteve em Barroso esse semana e realizou uma vistoria nas dependências do Ceclans.

De acordo com os Bombeiros algumas medidas foram tomadas, orientações foram feitas e agora a administração do Ceclans terá um prazo para adequar o Projeto que tem aprovação do Corpo de Bombeiros.

“Não é questão de interdição não. No momento não. É apenas uma regularização junto ao Corpo de Bombeiros com o Projeto que existe aqui. Procedimento normal. A gente estabelece os prazos e vai seguindo o regulamento. A piscina está liberada e outras partes precisam ser adequadas”, declara o Tenente Maurício.

O Barroso EM DIA tem informações extra-oficiais que, assim como em 2013, quando foi interditado, a pedido do MP, o Ceclans foi alvo de denúncia nos últimos dias.

A reportagem entrou em contato com a Administração, através do Secretário Rosimauro Fonseca, que afirmou que o Ceclans passou por uma inspeção esta semana.

“Posso te dizer que prezamos muito pela segurança dos usuários do Ceclans, inclusive voltamos com a construção de uma mureta solicitado por eles, Corpo de Bombeiros. Estamos tomando todas as medidas para adequação no que se fizer necessário para o bom andamento das atividades rotineiras do Ceclans. Inclusive no que diz respeito aos programas lá desenvolvidos que ao longo de anos nunca foi olhado o lado da segurança, o que nós agora estamos propondo dentro das reais possibilidades da Prefeitura”, diz Maurinho.

Ainda de acordo com Rosimauro, placas de saída, lâmpadas de emergência, alguns extintores e luminárias estão nas exigências dos Bombeiros. “Existe também uma solicitação da época da Eika que é a colocação de hidrantes, mas não vejo como atender a esta solicitação no momento, são muito caros”, diz Maurinho.

INTERDIÇÃO 2013

Em 30 de janeiro de 2013, o Ceclans foi interditado por deliberação da juíza da Comarca de Barroso, Valéria Possa Dornelas, a pedido do Ministério Público. A medida aconteceu devido às deficiências de segurança constatadas nas dependências do centro.

Na oportunidade, o campeonato de Futsal de Verão daquele ano foi cancelado. A interdição de 2013 veio através de denúncia anônima no MP. O Centro Esportivo voltou a funcionar em janeiro de 2014, após a vistoria do corpo de bombeiros de Barbacena.