Câmara deve votar hoje relatório da CPI da administração passada

Os vereadores da Câmara Municipal de Barroso votam nesta quinta-feira (20) o relatório da Comissão Especial de Inquérito, a “CPI” da administração passada.

O Projeto de Decreto 42/2016 que aprova ou não o relatório volta a ser discutido na reunião ordinária da Casa, marcada para ás 19h desta quinta.

Na última reunião, o clima chegou a ficar tenso e terminou com uma discussão entre o vereador Anderson de Paula (PP) e a vereadora Deléia Napoleão (PPS).

As possíveis irregularidades, que já estão sendo investigadas pelo Ministério Público de Barroso, são referentes a administração do saudoso Prefeito Arnô Napoleão, ex-esposo da vereadora Deléia.

Uma série de denúncias referente aos anos de 2005/2008 constam na CPI que teve com relator o vereador Fernando Terra (PP), membro Hélio Campos (PP) e Presidente o vereador Eduardo Pinto (PV).

Na época, todas as denúncias foram levantadas pelos vereadores Rubinho, José Meneghim, Anderson e Tadeu do Bar, que encaminharam um dossiê completo para o Ministério Público de Minas Gerais.

Relembre clicando aqui.

CPI DA PIPOCA E ALGODÃO DOCE

Quando o relatório da CPI da Pipoca e Algodão Doce foi lido e colocado em votação na Câmara, todos os vereadores votaram pela aprovação do Projeto.

Porém, a expectativa agora é diferente. Informações extra-oficiais apontam que Deléia, Tonho (PSDB) e Jayminho (PPS), que já declarou seu voto em parecer lido na última reunião, votem contra. Já Eduardo, que também fundamentou e leu seu voto em plenário, Anderson, Hélio e Fernando, autor do relatório, votem a favor. Já Zeca da Bicicletaria (DEM) e o Presidente Kiko do Bedeschi (PHS) ainda não manifestaram suas posições extra-oficial.