Incêndio em mata localizada nas imediações da Fhemig e do Hospital Regional em Barbacena

Nessa época do ano, o clima fica muito seco e as chuvas se tornam escassas, o que deixa a vegetação propícia às queimadas. Durante os meses de maio a novembro aumentam em 80% o número de ocorrências de incêndios florestais, principalmente os incêndios em lotes vagos nas áreas urbanas das cidades.

As queimadas são, juntamente com os desmatamentos, os principais problemas ambientais. Por isso cada cidadão deve estar bem informado e imbuído da missão de prevenir as queimadas.

CAMPANHA LOTE SEGURO

Durante o período de estiagem todas as unidades de Bombeiros da região como Barbacena, Lafaiete e São João del Rei estarão visitando os bairros considerados pontos
críticos,ou seja aqueles locais mais suscetíveis de acontecer um incêndio.

Através da Campanha ” Lote Seguro” as equipes visitam os bairros e orientam os moradores sobre estes cuidados.

Em Barbacena, os bairros como Diniz, Santo Antônio, Ipanema, Valentim Prenassi,além de locais específicos como a Mata do IFET, o Horto Florestal em Pinheiro Grosso e as margens de rodovias são os locais onde a incidência de incêndios é maior.

4ea0c913-0c8b-4c40-9183-e7c52c1ae9af

Por dia cerca de 10 a 15 residências e locais suscetíveis de acontecer um incêndio são visitados diminuindo com isto o número de ocorrências de combate à incêndio.

Temos a preocupação quando as pessoas ateam fogos para fazer a limpeza de lotes e esquecem que a fumaça desprendida da queima pode vir a atingir os vizinhos, prejudicando crianças e idosos e a fuligem espalha-se por todos os lados causando transtornos.

ECOTURISMO TAMBÉM PREOCUPA

Nesta época também surgem incêndios em pontos isolados de matas fechadas e trechos montanhosos como o da Serra de São José em Tiradentes onde praticantes de ecoturismo caminhadas, raftings vem deixando sequelas a natureza ao não terem cuidados com o manuseio de fogos.

O Corpo de Bombeiros Militar repassa algumas dicas importantes para realizar a prevenção:

-Ao trafegar pelas estradas e rodovias, não lance pontas de cigarro pela janela do veículo, pois com a baixa umidade nesse período, a vegetação seca se incendeia com muita facilidade.

-Ao realizar acampamentos, seja bastante cuidadoso na hora de acender fogueiras, velas e lampiões. Só acenda as fogueiras após limpar bem o local, retirando completamente a vegetação em volta.
-Procure fazer sua fogueira em local aberto, como por exemplo, numa clareira ou à beira do rio, para que o fogo não prejudique os galhos e folhas das árvores que estejam em volta ou acima dela.
-Quando não for mais utilizar a fogueira, certifique-se que as brasas estão apagadas e resfriadas. Se possível, enterre as sobras de material (carvão, brasas e cinza).

-Não jogue os restos da fogueira no rio.

-Nunca se ausente do acampamento, deixando para trás a fogueira acesa ou com torrões em brasa.

-As latas de metal, os cacos e garrafas de vidro podem se aquecer ao sol e acabar dando origem às queimadas.

-Não solte balões. O balão pode cair aceso em florestas, residências e indústrias, produzindo grandes prejuízos patrimoniais, ameaça ao nosso meio ambiente e até mesmo colocando a integridade física e a vida das pessoas em risco.

8d107783-060f-40ab-9128-73940f4bc951
Incêndio atinge Serra do Lenheiro em SJDR

INCÊNDIOS EM ÁREAS DE PASTAGENS TAMBÉM PREOCUPA

A Região dos Campos das Vertentes é uma das principais regiões agrícolas do Estado.

Extensas terras de plantações de hortifrutigranjeiros são preparadas para as plantações anuais e muitas das vezes os agricultores para efetuarem a limpeza dos terrenos causando incêndios e degradações ambientais como erosões e destruição de mata nativa.

Para isto orientamos os agricultores de que ao realizar alguma queima controlada para renovação de pastagem ou para limpeza de alguma área, procure antecipadamente o Programa de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais de Minas Gerais (Previncêndio), que é formada pelo Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Estadual de Florestas, Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Polícia Militar, Polícia Civil, Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, Prefeitura Municipal e parceiros privados e se orientem dos cuidados e obrigações essenciais.

Informações 2ª Cia. Ind. De Bombeiros Militar de Minas Gerais