Barroso supera metas do Ideb em todas as escolas avaliadas

E.E. Sant’Ana foi a instituição de ensino barrosense melhor avaliada em 2015, com 7.1 pontos

Barroso superou, em 2015, todas as metas projetadas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Os dados foram divulgados pelo Governo Federal e, na cidade, foram avaliados a 4ª série/5º ano e a 8ª série/9º ano do ensino fundamental das escolas municipais e estaduais.

A Secretária Municipal de Educação, Jacqueline das Mercês Silva de Brito Lira, explica que os componentes que determinam o Ideb são a taxa de rendimento escolar (aprovação) e médias de desempenho nos exames padronizados aplicados pelo Ineb, sendo assim, uma pequena oscilação é aceitável. “Um dos componentes é o resultado de uma prova, de Língua Portuguesa e Matemática, que é aplicada nos alunos do 5º ano. Ou seja, retrata o rendimento daqueles alunos específicos naquele momento.  Nós, educadores, sabemos que em anos diferentes o perfil das turmas pode modificar, pois há diversidade em nossas escolas”, afirma.

No índice geral do município, analisando todas as escolas públicas, Barroso atingiu a nota de 6.7 na 4ª série/5º ano em 2015 (meta projetada era 6.2); e na 8ª série/9º ano a nota foi de 4.8 (meta projetada era 4.4). As metas começaram a ser calculadas a partir de 2007 e, desde então, somente no primeiro ano Barroso não atingiu a meta na 4ª série/5º ano.

ideb-barroso-geral

Escolas municipais e escolas estaduais

Os dados também são mostrados separadamente, entre escolas da rede estadual e municipal.

As escolas estaduais avaliadas em 2015 foram apenas E.E. Cônego Luiz Giarola Carlos (8ª série), com Ideb de 4.2; E.E. Francisco Antônio Pires (8ª série), com nota 4.6; E.E. Prefeito Geraldo Napoleão de Souza (8ª série), com 5.6; e E.E. Sant’Ana (4ª série), que conseguiu a maior nota na cidade, 7.1.

As escolas municipais foram avaliadas somente na 4ª série/5º ano, são elas: E.M. Artur Napoleão, com Ideb de 6.8; E.M. Irmã Magdaline, com nota de 6.3; E. M. Profª Clotilde Rocha, com 6.5, mas que não teve uma meta projetada para 2015; e E.M. Vereador Otávio Rufino Pereira, com nota 6.5.

Todas as notas individuais das escolas avaliadas no Ideb também foram superiores às metas projetadas. Para Jacqueline, isso reflete a qualidade da educação barrosenses. “Barroso tem uma Educação de referência, pois o que conduz nossas ações é a valorização profissional, o pagamento do piso salarial dos professores, a capacitação profissional continuada, a oferta de materiais pedagógicos, de merenda de qualidade, a reforma e construção de escolas e creches, enfim, oferta de condições para que alunos, professores e demais profissionais possam exercer suas atividades com eficiência, pois merecem todo nosso respeito”, diz a secretária de educação.

Você pode acessar os resultados individuais de cada escola clicando neste link. Basta marcar consultar por ‘escola’, escolher o estado, município, rede (estadual ou municipal) e selecionar a instituição educacional.

ideb-barroso

“Parabenizamos toda a equipe da Rede Municipal pela competência, dedicação e responsabilidade com a Educação em nosso município. Nosso IDEB cresceu de 5.0 em 2005, para 6.6 em 2015, avanço muito significativo. De 2011 para 2013, avançamos 1.0 ponto no índice, isso merece destaque”, comemora Jacqueline.