Há pouco menos de um ano, a Associação Barrosense de Orquidofilia (ABO), presidida pelo proprietário da Loja Móveis Master, Danilo César Medeiros da Cunha, trouxe para cidade um novo conceito e tradição voltados para o plantio de orquídeas. Tal prática popular em diversos estados do país conquista cada vez mais adeptos em Barroso.

A iniciativa surgiu através de um curso de cultivo de orquídeas que na época atraiu mais de 60 participantes. Com o sucesso das aulas e o interesse crescente dos alunos, no dia 28 de outubro de 2016, a ABO conseguiu o número suficiente de associados para se consolidar.

Atualmente, a instituição conta com 48 membros, que uma vez por mês, se reúnem na sede da Associação de Pensionistas de Barroso, no bairro Santa Maria para discutir as ações do grupo. Dentre as principais atividades da entidade, destacam-se participações em exposições na região, cursos de capacitação para plantio, adubação e conservação das orquídeas.

Segundo o presidente da ABO, futuramente a associação pretende trabalhar em um projeto

Danilo, Presidente
Danilo, Presidente

com crianças, afim de ensiná-las os processos básicos de plantio, além de instruí-las a não coletar orquídeas na natureza, uma forma de conscientização ambiental. De acordo com Danilo, a ideia de fundar uma Associação de Orquidofilia em Barroso veio também do seu interesse e prática na atividade, herdada de sua mãe, que já era uma orquidófila caseira. “Já participava da Associação de Santos Dumont há 4 anos, tendo destaque como expositor. Com isso, cheguei à conclusão de o porquê não levar o nome de Barroso para outras cidades e estados e, a partir daí, tive a ideia de criar a Associação Barrosense de Orquidofilia,” declara o empresário que também atua como assistente de árbitro em exposições e concursos de orquídeas, o que possibilita conhecer mais a respeito da atividade e trocar experiências com outros orquidófilos.

NOVOS ORQUIDÓFILOS

Já para a dentista e artesã Fátima Aparecida Barbosa Maia, de 52 anos, juntar-se à associação foi uma forma de aprender mais sobre o cultivo das orquídeas. “O Danilo me fez o convite porque sabia da minha admiração pelas orquídeas. Tenho algumas, mas, até então, não sabia como cuidar, fazer plantio e outras coisas. Agora, como associada, passei a ter vários conhecimentos, troca de ideias e ainda fazemos novas amizades. Estou muito feliz de estar fazendo parte da Associação Barrosense de Orquidofilia. Tenho certeza que vamos ser referência na região” diz.

Para se tornar um membro da ABO, os interessados já podem tanto ser adeptos da orquidofilia quanto não ter experiência alguma. Para se associar basta procurar pelo Danilo, na Loja Móveis Master, e contribuir com uma taxa de R$ 15 mensais. No estabelecimento, também são comercializadas orquídeas, mudas e demais produtos para o cultivo das plantas, cujo valor é revestido para manutenção e melhorias da associação.

EXPOSIÇÃO

Entre os dias 1º e 3 de setembro, Barroso será o destino de diversos expositores da região, na 1ª Exposição Nacional de Orquídeas da cidade, evento realizado pela ABO em parceria com a Prefeitura Municipal.

Segundo Danilo César, a expectativa é de que 15 a 20 cidades participem do evento, que deve expor no hall do Palácio dos Três Poderes, cerca de 200 a 300 orquídeas. A programação também inclui curso para iniciantes, comercialização de orquídeas e a plantação de 20 mudas nas árvores da Praça Sant’Ana.

Danilo ressalta que as exposições funcionam como uma via de mão dupla, onde associações de diferentes cidades prestigiam o trabalho dos demais colegas. “Cada associação normalmente faz visitas em outras exposições. É uma competição saudável, onde fazemos amizades e contato com outros expositores,” finaliza Danilo.

Você pode visitar a página no Facebook, basta procurar por Associação Barrosense de Orquidofilia.