Barbacena terá escola privada filantrópica

A Sociedade São Miguel Arcanjo, em Barbacena, está passando por mudanças. A instituição extinguiu o convênio com a Secretaria do Estado da Educação, encerrando assim as atividades da Escola Estadual São Miguel Arcanjo. A novidade porém é que, a partir de 2017, através de uma parceria com um renomado colégio de São Paulo, o São Francisco de Assis, será implantada uma “escola privada filantrópica”, totalmente gratuita.

“Nós atendemos 25 bairros, num total de 450 alunos, sendo que 80 do núcleo infantil que por enquanto continuará sendo mantido através de parceria com a Prefeitura (Barbacena). O ensino do primeiro ao novo ano vai ser extinto como ensino público e vai ser ensino privado, mas filantrópico. Serão priorizados os alunos que já estudam na nossa escola, eles poderão fazer uma nova matrícula. Outros alunos também poderão fazer suas inscrições para futuramente serem selecionados para matricularem-se nessa nova escola”, explicou o diretor fundador da Sociedade São Miguel Arcanjo, Roberto Bertoli.

Roberto destacou também que a entidade está selecionando profissionais para lecionar no Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), coordenadora pedagógica, orientadora, supervisora, secretária, auxiliar de serviços gerais e auxiliar administrativo. O currículo, com foto e disponibilidade de horário deve ser enviado para o e-mail educacaosaomiguelbq@gmail.com.

Também em fase final de construção, nas dependências da fazenda, uma instituição de longa permanência para idosos em estado de abandono. O próximo passo é solicitar autorização de funcionamento aos órgãos competentes. “Esse é um projeto revolucionário porque busca o encontro entre duas gerações, as nossas crianças e os idosos. Essas duas gerações deverão se encontrar, em horário pré estabelecido e numa pedagogia diferenciada, para que possamos devolver o entusiasmo pela vida aos idosos e do outro lado ser de grande ensinamento para os nossos meninos.

E as novidades não param por aí. Foi implantado na instituição, após longo processo e em parceria com a Federação Italiana de Ginástica Olímpica e outros parceiros, o segundo maior ginásio da modalidade no Estado. A expectativa é de que o novo espaço, que atenderá crianças de 3 anos até adolescentes de 18, esteja disponível até o final do ano.

Informações Barbacena Online