Barbacena acumula mais de 1, 8 mil casos de dengue em 2016

Em 2016 Barbacena assistiu a um aumento significativo do número de casos prováveis de dengue, como ocorreu em todo o Estado de Minas Gerais. O total do número de casos está em 1.872 em 2016, uma incidência acumulada de 1387,4 casos por 100 mil habitantes.

O maior número de casos foi registrado no Santo Antônio (122), seguido por São Pedro (115), Caiçaras (97), Diniz (87), Centro (86), Funcionários (85), Santa Luzia (80), Caminho Novo (76), São Sebastião (75), Boa Vista (71), Vilela (66), Santa Efigênia (65).

A dengue é uma doença febril aguda causada por quatro sorotipos (DENV1, DENV2, DENV3 e DENV4). Ocorre o ano todo, mas apresenta maior incidência nos meses de maior calor e umidade. No Brasil, transmitida pelo Aedes aegypti, com ampla infestação em todo o território nacional, por isso mesmo obrigando as ações de combate ao vetor serem contínuas. Além de transmitir a dengue, dois outros vírus também são transmitidos pelo Aedes aegypti e são responsáveis pelas febres Chikungunya e Zika no país.

Após a picada de uma fêmea contaminada com o vírus da dengue existe um intervalo de 3 (três) a 15 dias (período de incubação) para que aconteça a manifestação clínica da doença. Com base nesse raciocínio podemos concluir que não está havendo transmissão de dengue em Barbacena neste período e é necessário continuarmos atentos para não permitirmos a confirmação de novos casos.

Informações Barbacena Online