O Processo Seletivo Simplificado 01/2017, que a Prefeitura Municipal de Dores de Campos está organizando com 31 vagas para o cargo de Professor da Educação Básica (Creche, Pré-escola e anos iniciais do Ensino Fundamental), está temporariamente suspenso, conforme decisão liminar da justiça, assinada pelo juiz da Comarca de Prados, doutor João Batista Lopes, em substituição ao doutor Pedro Parcekian que está de férias.

De acordo com a procuradora do município, doutora Rafaela Arruda, a Prefeitura foi notificada sobre a decisão na tarde desta quinta-feira (10/08) e automaticamente suspendeu as provas que seriam aplicadas na manhã do próximo domingo (13/08), na Escola Estadual Duque de Caxias.

A partir de agora, a Prefeitura terá 20 dias para responder aos questionamentos da justiça, através de uma Ação Popular impetrada por algumas candidatas.

Na decisão de primeira instância, a Justiça acredita que há fortes indícios de irregularidades na contratação da empresa que organiza o edital do concurso.

Parte da decisão
Parte da decisão

Concorrentes querem saber sobre devolução dos valores da inscrição.

“Fiz a inscrição do Concurso ano passado, R$45, que também foi suspenso e não recebi o valor de volta até hoje. Agora, fiz novamente para o Processo Seletivo, R$70, e quero saber como vai ficar.

Com relação ao ressarcimento dos valores investidos na inscrição pelos concorrentes a informação é que a Prefeitura está recorrendo da decisão e que só irá pronunciar sobre a devolução dos valores de inscrição depois do resultado final da Justiça.