Pouco mais de um mês depois dos cortes das árvores no bairro São José, que mesmo sendo em um local particular, gerou uma indignação na população barrosense, outras árvores foram cortadas no município.

Na manhã desta quinta-feira (7), os cortes aconteceram no bairro Santa Maria. Desta vez, em um local público, mais precisamente na Rua Primeiro de Maio, ao lado Cemitério Paroquial. Todas as árvores do passeio foram cortadas.

Em outubro, quando ocorreram os cortes no São José, o Presidente do Conselho Municipalarvore (2) de Conservação e Defesa do Meio Ambiente, o Codema, Sandro Ferreira, adiantou que os cortes na “Rua do Cemitério” aconteceriam em breve.

“Os cortes são fruto de um pedido de abaixo assinado dos próprios moradores da rua. E tem a autorização do Codema”, relata a reportagem o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio-ambiente, Sidney Campos, o Sidão que também garantiu que há por parte da Prefeitura o compromisso de substituir as árvores cortadas por espécies apropriadas para o perímetro urbano.

Em contato com um morador das imediações, que preferiu não se identificar, o mesmo garantiu que de fato foi feito um abaixo assinado pela vizinhança. Segundo ele, as árvores estavam trazendo transtornos para os moradores, pois escorpiões estariam escondendo nas suas raízes, que por sinal, quebraram o passeio e danificaram túmulos do cemitério.

PLANTE UMA ÁRVORE 

Em setembro, dentro da semana de comemoração da campanha Plante uma Árvore, o sociólogo barrosense, Antônio Claret, falou da importância das árvores para as cidades. E mais, na oportunidade, relatou que Barroso é uma das cidades que menos plantam árvores no Brasil. Relembre, clique aqui