Há muitos anos, Barroso deixou de ser conhecida como a Terra do Cimento, para ser, pelo menos regionalmente, reconhecida como cidade de vários atletas e desportistas, pessoas que acreditam e fazem pelo esporte barrosense, independente de cor, credo e principalmente lado partidário.

Dentre estes nomes, cada um à sua maneira e forma de contribuir, está Ramon Camilo Fonseca, 35, que é natural de Lavras e que já vive e trabalha em Barroso desde 2011. Formado em Educação Física desde 2004, o empresário tem hoje no município a Academia Saúde e Movimento, um empreendimento que abre as portas para estes atletas locais. Entre os cerca de 800 alunos que desfrutam do CrossFit, Zumba, Jump, Step e Combat estão os atletas barrosenses que são beneficiados pela academia. Todos os dias, esportistas, das mais variadas modalidades, usufruem gratuitamente de todos os aparelhos e auxílio do professor que nutre um amor incondicional pelo esporte local. “Barroso me ensinou a ser uma pessoa melhor, a ser mais humano. Eu vejo dentro dos olhos dos meus atletas que são pessoas que realmente batalham para serem melhores. Que são pessoas fortes. Só precisam apenas que outros olhem por eles, que possamos a eles nos juntar e ajudá-los”, diz Ramon.

Atualmente são 25 esportistas no total. Dentre eles, 12 são jogadores do time Geração 2000, que defende a cidade nos Jogos Escolares de Minas Gerais, o JEMG, três atletas que praticam Jiu Jitsu, quatro corredores de rua e montanha, cinco ciclistas e um triatleta.
Dentre os atletas que usufruem do apoio da Academia Saúde e Movimento estão Kelperson Willian, 24, corredor, e a lutadora de Jiu-Jitsu Rita Belo, 29. Dois atletas da nova geração barrosense que disputam regionalmente as competições nas suas respectivas modalidades. Com interesse em esporte em geral, Kelperson teve início nas corridas de rua através da família de sua namorada. Porém, o amor de verdade ao atletismo veio após sua primeira meia maratona em Ouro Branco. Há quatro meses ele é patrocinado pela academia, onde procura sempre melhorar seu condicionamento muscular. “Comecei a treinar na avenida e na época não tinha quase ninguém que corria. Com o passar do tempo, o atletismo vem crescendo em Barroso, o que mostra que o povo barrosense está procurando a modalidade. Quando se faz um esporte, independente de qual seja, ele muda a vida, nos preparando psicologicamente para todas as barreiras”, declara o atleta. Outra esportista que vem despontando e tem sido manchete dos jornais é a campeã de Jiu-Jitsu Rita Belo que, desde maio deste ano, também usufrui do apoio da Academia. “O Jiu-Jitsu traz uma mudança para sua vida. Através dele, você começa a ter um pensamento diferente e aprende a viver a vida de outra forma. Para mim é uma honra sair de casa e poder ver que todos me olham como um exemplo para Bar-roso”, relata a lutadora que agradece o apoio do empresário Ramon.

Portanto, com o apoio a estes atletas locais, cada um na sua modalidade, a Academia Saúde e Movimento tem se destacado, cumprindo o seu papel social. “Não deixe para fazer um esporte que você deseja por medo ou pelo o que as pessoas vão pensar de você. Faça algo que possa ser realmente a sua motivação pessoal. Desejo que Barroso se torne realmente a cidade do esporte, pois o Brasil inteiro irá ganhar com isso. E essa é a minha forma de contribuir”, declara.

Repórter Matheus Ávila