POLÍCIA CONCLUI INQUÉRITO EM BARBACENA

A Polícia Civil, através da Delegacia de Mulheres, concluiu o inquérito sobre a morte de Cláudia Regina Guimarães Patrocínio (41), ocorrida no dia 19 de novembro no bairro Ipanema, em Barbacena. O autor, de 38 anos, que vivia junto com a vítima bateu com a cabeça dela contra a parede até que ele perdesse o sentido. Mesmo já caída, ele desferiu diversos chutes contra Cláudia. As informações são do site Barbacena Online.

 

Segundo a Delegada Flávia Murta, o autor que confessou o crime, foi preso em flagrante. Além dos depoimentos de familiares de ambos, os laudos periciais e de necropsia apontaram que o crime se tratava de um homicídio triplamente qualificado (motivo fútil, recurso que dificultou a defesa da vítima e forma cruel). “Ele não apresenta uma justifica plausível para o crime. Sempre dizia que ambos faziam uso de bebida alcóolica e que as discussões eram sempre depois de estarem sob o efeito da bebida”, explicou a delegada.

 

OUTRO CRIME EM BARBACENA

 

 A Polícia Civil identificou a mulher que abandonou  um recém- nascido no dia 24 de novembro no bairro Ipanema e que foi encontrado sobre um monte de pedras.  A acusada, de 24 anos, assumiu a maternidade da criança.  Foi instaurado um inquérito Policial e, de acordo com o Delegado Regional Carlos Capristrano, a Polícia Civil aguarda o Exame de Necropsia para se saber a causa da morte da criança.

Se você gostou deste post, COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS.
785 visualizações foram feitas desta matéria. Se gostou curta esta página!

Nenhum Comentário

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Os comentários estão fechados.