No ano de 1717, três pescadores, em um dia infrutífero de trabalho, encontraram em meio às águas do Rio Paraíba do Sul, uma estátua da Virgem Maria, de cor negra e com a cabeça separada do restante do corpo.

Após resgatar a imagem, o trio apanhou uma enorme quantidade de peixes e o fato foi considerado pelo povo como um verdadeiro milagre. Assim sendo, nasceu a fé em Nossa Se-nhora da Conceição Aparecida que, neste ano de 2017, celebra seu Jubileu de 300 anos de bênçãos e graças.

A também conhecida Padroeira do Brasil possui diversos devotos em todo o país que depositam nela toda sua crença e fé. Em Bar- roso não é diferente: tanto membros da igreja quanto da comunidade participam ativamente das atividades em tributo à Santa.

Entre os milhares de devotos de Nossa Senhora Aparecida, está Padre Fábio José Damasceno, pároco da Paróquia de Sant’Ana que, junto com povo barrosense, é um dos responsáveis pela construção da Igreja de Nossa Senhora Aparecida, inaugurada no ano de 2000, no bairro Josefina Coelho de Souza.

Na cidade, as homenagens à Santa já estão em andamento com a realização de novenas, visitações da imagem a instituições, como Asilo e Hospital, além das preparações para o dia 12 de outubro, feriado de Nossa Senhora Aparecida que conta com missa solene, procissões, coroação e entronização da imagem.

Um documentário especial no qual os personagens desta reportagem revelam um pouco mais de sua experiência e relação com Nossa Senhora Aparecida será exibido na Fanpage do Barroso EM DIA. O primeiro vídeo está sendo lançado neste domingo (8), ao meio-dia, e o último, na quinta-feira, 12 de outubro, dia da Padroeira.